"Esperamos que as negociações e as consultas acerca da crise da dívida grega avancem de modo a que Grécia saia da crise tão depressa quanto possível", disse o porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, Lu Lu Kang, em resposta a uma pergunta da agência Lusa em Pequim.

"A China sempre foi a favor de uma zona euro forte", acrescentou.