"A China sempre foi a favor de uma zona euro forte", acrescentou.