«Os impostos não vão aumentar no próximo ano, aumentaram muito em 2013. E é precisamente porque não queremos mais aumentos de impostos que fizemos um orçamento ao nível da contenção de despesa», afirmou esta quinta-feira o ministro da Economia em entrevista ao «Jornal das 8» da TVI. O governante diz mesmo: «Eu nunca defenderei nenhum aumento de impostos».

«Este Governo e o ministério da Economia estão desejosos de acabar este programa de assistência económica e financeira, também para dar o sinal que é importante dar ao nível da atualização do salário mínimo nacional».

«É absolutamente claro que este Governo está determinado em terminar este programa de assistência económico e financeiro e confia que este orçamento é o documento certo para concluirmos este programa», concluiu o ministro.

Pires de Lima reconhece, no entanto, que «as pessoas estão a passar um mau bocado», mas que «a assistência financeira não nos deixa sempre fazer aquilo que nós gostaríamos».