O ministro da Economia, Pires de Lima, elogiou hoje «o esforço dos portugueses», que considerou «fundamental» para Portugal ter ontem anunciado uma saída limpa do programa de assistência financeira.

«Quero agradecer aos portugueses o trabalho extraordinário que fizeram ao longo dos últimos três anos. Esse esforço, bem como a resposta das empresas, foi fundamental para Portugal ter ontem anunciado uma saída do programa [de assistência financeira] exatamente igual à da Irlanda, apenas há 5 meses», disse o ministro, que falava aos jornalistas à saída da sessão de abertura do Lisbon Challenge, um programa internacional de aceleração de startups promovido em Lisboa pela Beta-i.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, anunciou ontem que Portugal vai sair do atual programa de resgate financeiro sem recorrer a qualquer programa cautelar, regressando autonomamente aos mercados.