O primeiro carro ainda não foi atribuído, mas a Autoridade Tributária já decidiu fazer, ainda este ano, dois sorteios extra com as faturas dos contribuintes para atribuir carros topo de gama.

Conforme apurou o «Correio da Manhã» junto da Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais, a ideia, mais uma vez, é copiar a Nota Fiscal Paulista, regime que está por base do processo do sorteio com faturas em Portugal.

O Fisco português vai realizar o sorteio semanal de um automóvel, mas vai reforçar o concurso das faturas com, pelo menos, dois sorteios extra por ano, em que o valor dos carros a oferecer será substancialmente superior aquele que será sorteado semanalmente. Um desses sorteios pode ser realizado durante a época de Natal, escreve o mesmo jornal.

Durante este ano, apenas serão sorteados automóveis, mas a Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais admite alargar o tipo de bens a sortear pelos contribuintes.