As Finanças vão apertar a fiscalização sobre o pagamento do Imposto Único de Circulação (IUC).

De acordo com o «Correio da Manhã», a Autoridade Tributária prepara-se para enviar mais de 2 milhões de notificações a proprietários de viaturas com o pagamento do imposto em atraso. Há atrasos desde 2009.

O volume de notificações que serão enviadas em setembro e outubro antecipam um caos nos serviços, tal como aconteceu em junho.

Para este ano, o Fisco definiu como objetivo o envio de 4 milhões de notificações para pagamento do IUC.

Entre janeiro e julho, este imposto trouxe aos cofres do Estado 143,2 milhões de euros, o que se traduz num aumento da receita de 26,1% face a igual período do ano passado.