A GNB Vida, do Grupo Novo Banco, teve em 2016 prejuízos de 84,6 milhões de euros, segundo a informação hoje prestada pela seguradora à CMVM, em que informou da aprovação das contas do ano passado na assembleia-geral de 31 de maio.

A antiga BES Vida  informou que na assembleia-geral que decorreu no último dia de maio "foram aprovados, por unanimidade, os relatórios de gestão e contas do exercício de 2016, em base individual e consolidada".

O resultado líquido do exercício de 2016, no montante negativo de -84.620.157,47 Euro (oitenta e quatro milhões, seiscentos e vinte mil, cento e cinquenta e sete euros e quarenta e sete cêntimos) transite para a conta de resultados transitados".

A GNB Vida pertence ao Novo Banco (instituição que resultou da resolução do Banco Espírito Santo - BES) e está em processo de venda, disse em abril o presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, em conferência de imprensa.