Alemanha disponível para flexibilizar ajuda a Portugal

Conversa informal entre ministros das Finanças antes do Eurogrupo

Por: Redação / TVI    |   9 de Fevereiro de 2012 às 20:01
A Alemanha está disponível para flexibilizar as condições do programa de assistência financeira a Portugal, mas só depois de a situação grega estar resolvida, avança a TVI.

Esta é uma das novidades que saiu de uma conversa informal entre o ministro das Finanças português, Vítor Gaspar, e o ministro homólogo alemão, Wolfgang Schauble.

Durante esta conversa, o ministro de Angela Merkel elogia Portugal pela forma como está a executar o programa de ajustamento e diz-se disponível para floexibilizar esse mesmo programa, mas avança que só o pode fazer depois de resolvida a questão da Grécia.

Os ministros das Finanças de Portugal e Alemanha tiveram uma conversa informal esta quinta-feira antes da reunião do Eurogrupo. No encontro, os ministros das Finanças da Zona Euro iam discutir, precisamente, as condições do segundo resgate à Grécia.

A conversa mostra que as posições tomadas pelos políticos alemães em público e em privado nem sempre coincidem.

O ministro das Finanças já reagiu, garantindo que não pediu mais dinheiro nem mais tempo ao ministro alemão.
Partilhar
EM BAIXO: Vitor Gaspar, ministro das Finanças - TIAGO PETINGA/LUSA
Vitor Gaspar, ministro das Finanças - TIAGO PETINGA/LUSA
COMENTÁRIOS

PUB
Casal português no Estado Islâmico, mas porquê?

Reportagem da TVI foi perceber as possíveis motivações de Ângela e Fábio, dois portugueses que, com outros 10, se juntaram ao Estado Islâmico. Ela vivia na Holanda, onde a TVI esteve, para mergulhar no passado e melhor compreender a decisão de se converter ao Islão. EUA já admitem que Estado Islâmico foi subestimado. Portugal apoia coligação internacional contra os rebeldes, mas não envia militares