A EDP Renováveis assinou esta quarta-feira um acordo para a compra de 216 megawatts (MW) de geração eólica em Portugal ao consórcio Ventinveste, liderado pela Galp Energia e Martifer, pelo preço de referência de 17 milhões de euros.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP Renováveis, detida em 77,5% pela EDP, "informou que chegou a acordo com a Ventinveste, um consórcio liderado pela Galp Energia e pela Martifer para a aquisição de certas sociedades veículo que detêm licenças e direitos de interligação à rede correspondentes a 216,4 MW de capacidade eólica, por um preço de referência aproximado de 17 milhões de euros".

Com esta operação, a EDP Renováveis "pretende maximizar o valor criado nos projetos desde a fase inicial de desenvolvimento ao aplicar o seu distinto conhecimento técnico e de avaliação eólica. O comissionamento e início de operação dos novos parques eólicos da EDPR é esperado acontecer até 2018", refere a empresa.


Também em comunicado, a Galp Energia adianta que a concretização da operação está dependente "de aprovação pelas autoridades administrativas e de concorrência competentes".

"A Ventinveste, sociedade resultante de uma parceria entre a Galp Energia (50%) e a Martifer (50%), foca assim a sua atividade num portefólio eólico com 12 MW em produção e uma participação de 50% no projeto Âncora Wind, com 176,1 MW em construção para entrada em produção a partir de 2016", conclui.