O secretário de Estado da Administração Pública, Leite Martins, afirmou esta quarta-feira que não há ainda uma "decisão política final" que permita aprovar a tabela única de suplementos na Administração Pública.

"A tabela de suplementos não está ainda aprovada. Não há uma decisão política final", afirmou Leite Martins aos jornalistas, no parlamento, acrescentando que "cabe ao primeiro-ministro a sua aprovação".

Embora a publicação da nova tabela de suplementos esteja prevista na lei, Leite Martins disse tratar-se de "uma temática muito difícil", uma vez que existe "uma dispersão gigantesca" de suplementos no Estado.