São três os portugueses que integram o clube dos mais ricos de todo o mundo, segundo o ranking da revista Forbes. Voltam a ser os mesmos: Américo Amorim, Alexandre Soares dos Santos e Belmiro de Azevedo. Os dois primeiros viram o património aumentar em relação ao ano passado.

Juntos, estes três empresários detêm uma fortuna de 8,6 mil milhões de dólares, ou seja, 8 mil milhões de euros.

Américo Amorim, o homem-forte da cortiça em Portugal, com a Corticeira Amorim, surge na 385ª posição, caindo 16 em relação ao ranking do ano passado, com um património de 4,4 mil milhões de dólares (4,1 mil milhões de euros), mais do que no ano passado  (3,8 mil milhões €).

Tem de se andar o dobro dessa posição para encontrar Alexandre Soares dos Santos, fundador da Jerónimo Martins, dona dos supermercados Pingo Doce. Está no 745º lugar, tendo subido 109 posições em relação a 2016. A fortuna fala por si: 2,7 mil milhões de dólares (2,5 mil milhões de euros) e também tem engordou face aos 1,9 mil milhões do que em 2016.

Por fim, temos Belmiro de Azevedo, o fundador da Sonae, dona dos hipermercados Continente, da Worten, da Sportzone e do jornal Público, tendo ainda centros comerciais com a Sonae Sierra. Belmiro aparece na 1376ª posição, com 1,5 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros), um pouco menos do que os 1,6 mil milhões de dólares do ano anterior. Apesar de estar ligeiramente menos milionário, saltou 255 posições neste ranking.

O mais rico de todos

O milionário dos milionários continua a ser, pelo quarto ano consecutivo, Bill Gates.

O fundador da Microsoft tem uma fortuna avaliada em 86 mil milhões de dólares, cerca de 80 mil milhões de euros.

Bill Gates (Reuters)

O top 10 inclui, então:

  1. Bill Gates ($ 86 mil milhões)
  2. Warren Buffett ($ 75,6 mil milhões)
  3. Jeff Bezos ($ 72,8 mil milhões)
  4. Amancio Ortega ($ 71,3 mil milhões)
  5. Mark Zuckerberg ($ 56 mil milhões)
  6. Carlos Slim Helu ($ 54,5 mil milhões)
  7. Larry Ellison ($ 52,2 mil milhões)
  8. Charles Koch ($ 48,3 mil milhões)
  9. David Koch ($ 48,3 mil milhões)
  10. Michael Bloomberg ($ 47,5 mil milhões)