O Banco Europeu para a Reconstrução e Desenvolvimento (BERD) anunciou hoje que deu «luz verde» a 350 milhões de euros de financiamentos destinados à Ucrânia.

Uma primeira tranche de 150 milhões de euros destina-se a empresas com as quais o BERD já está a trabalhar no país, nomeadamente para as ajudar a resolver problemas de liquidez.

A instituição acrescentou que está pronta a retomar o apoio ao governo ucraniano logo que o plano de estabilização do Fundo Monetário Internacional (FMI) seja aprovado.

Neste quadro, o BERD está preparado para conceder um empréstimo de 200 milhões de euros para financiar uma nova etapa de um projeto de renovação de estradas.

O BERD foi fundado em 1991 para ajudar os países do antigo bloco soviético a passarem para a economia de mercado, mas recentemente alargou a sua intervenção ao sul do Mediterrâneo.