O Banco Europeu de Investimento vai financiar em 750 milhões de euros a contrapartida nacional dos investimentos apoiados pelo novo Quadro Comunitário de apoio.

O memorando de entendimento com o Banco Europeu de Investimento foi assinado esta quinta-feira e permite a Portugal tirar maior partido dos fundos comunitários no período de 2014 a 2020.

Entre os objetivos deste acordo com o BEI estão a redução do desemprego, o financiamento das pequenas e médias empresas e a competitividade e internacionalização da economia.