O regulador britânico (Financial Conduct Authority) está a ponderar multar o Banco Espirito Santo de Investimento por violação das regras de mercado, escreve o the Wall Street Journal.

O periódico, que cita fontes próximas da matéria, sublinha há que esta coima deverá custar a unidades de investimento do BES, sedeada em Londres, várias centenas de milhar de libras.

O regulador já havia decretado a suspensão da atividade de financiamento do banco a 09 de dezembro, um dia depois do Novo Banco ter anunciado a conclusão a venda do BESI, aos chineses da Haitong, por 379 milhões de euros. Recorde-se que o BESI, aquando da resolução do BES, transitou para o Novo Banco. 

Ainda no mês de dezembro o Tribunal da Supervisão absolveu o BESI do pagamento de uma coima de 25.000 euros aplicada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários por violação grave do dever de defesa do mercado.