O Ministério das Finanças disse, esta quinta-feira, que Portugal vai continuar a receber os fundos europeus sem qualquer suspensão ou interrupção das transferências, depois de os relatórios sobre o uso desse dinheiro terem sido aprovados por Bruxelas.

A Comissão Europeia aprovou esta semana os relatórios e pareceres da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) sobre os fundos europeus, tendo sido o país "o primeiro Estado-membro a ter todos os seus relatórios e pareceres anuais aprovados”, de acordo com o comunicado divulgado pelo Governo e a que a Lusa teve acesso.

“Está, assim, assegurada a manutenção do regular fluxo financeiro da União Europeia para Portugal, sem suspensão ou interrupção das transferências dos fundos europeus”, diz o gabinete liderado por Mário Centeno.

Os Estados-membros apresentam todos os anos relatórios e pareceres sobre uso dos fundos europeus, sendo que em Portugal é a IGF a autoridade de auditoria nacional para os fundos europeus.