A ministra das Finanças de Portugal, Maria Luís Albuquerque, terá pedido pessoalmente ao seu homólogo alemão, Wolfgang Schäuble, para se manter firme nas negociações com a Grécia. A notícia é dada pelo jornal alemão «Die Welt», que cita «fontes bem informadas»

De acordo com o periódico alemão, Portugal e Espanha foram os países que exigiram condições mais duras para que houvesse um acordo com os gregos. 

Tudo está agora dependente da lista de reformas que o Governo de Atenas irá apresentar na semana que vem e que, segundo o «Die Welt», o Governo de Lisboa irá examinar com muita atenção. 

Este sábado, no Jornal das 8 da TVI, Maria Luís Albuquerque assegurou que não teve qualquer influência nas negociações, sublinhando mesmo que teve uma «intervenção bastante construtiva».