O Governo está a preparar-se para obrigar o setor financeiro a fornecer ao Fisco mais informação bancária sobre os clientes residentes em Portugal.

Segundo o Jornal de Negócios a medida consta da proposta de Orçamento para 2016, sob a forma de pedido de autorização legislativa.

A medida já é regra para os clientes não residentes, e o Governo pretende agora alargar o âmbito de ação do Fisco, tornando mais difícil ocultar património financeiro.

O objetivo é, pois, facilitar a deteção de manifestações de fortuna desfasadas dos rendimentos e colocar os bancos a dar à Autoridade Tributária o mesmo tipo de informação que já está obrigada a dar aos Estados estrangeiros.