António Barreto vai sair da presidência do conselho de administração da fundação Francisco Manuel dos Santos nas próximas semanas, revela a imprensa diária.

A decisão já foi comunicada e surge na sequência de divergências de opinião com a família fundadora na estratégia da instituição em áreas como o ensino superior.

A postura mais interventiva da fundação contrasta com a linha que tem vindo a ser defendida por António Barreto, que passa por fornecer à sociedade portuguesa ferramentas necessárias para o debate e investigação sobre temas de interesse coletivo.

A fundação foi criada em 2009 pela família Soares dos Santos e disponibiliza uma base de dados (Pordata) com informações estatísticas sobre diversos domínios da economia e sociedade portuguesa.