O Banco Santander vai encerrar 10% dos escritórios em Espanha, 425 balcões no total. A queda na receita e o aumento da utilização dos canais digitais levaram o banco a querer reduzir as despesas. 

Ainda sem número oficial de trabalhadores afetados, os sindicatos estimam que entre 850 a 1.100 pessoas possam ser afetadas, segundo o "El País". 

O banco tem como objetivo acabar com pequenos balcões onde se fazem operações que podem ser realizadas pelos canais digitais. 

O plano do Banco é, daqui a três anos, ter 1.000 balcões grandes, com cerca de oito funcionários cada. Para 2016, o objetivo é ter 350 filiais deste género. 

Outros países europeus, como a Alemanha, também seguem este tipo de estratégia.

Em Portugal, o Santander Totta comprou recentemente o Banif, no âmbito da resolução do banco, por 150 milhões de euros.