A produção industrial recuou 1,3% na Zona Euro e 1,6% na União Europeia em maio, relativamente a igual mês de 2012, mas em Portugal aumentou 4,5%, a terceira maior subida entre os 27, divulgou o Eurostat.

Portugal registou, assim, a segunda subida homóloga consecutiva, depois de, em abril, a produção industrial ter avançado 2,3%.

O crescimento verificado em Portugal em maio apenas foi superado pelos registados na Lituânia (21,6%) e na Estónia (6,3%), enquanto as maiores descidas da produção industrial pertenceram à Irlanda, à Suécia (-7,7% em ambos os países) e à Bulgária (-6%).

Já na comparação mensal, ou seja, maio em relação a abril, Portugal registou a maior subida entre os 27 Estados-membros (6,1%), enquanto a zona euro e a União Europeia registaram quebras de 0,3% e de 0,6%, respetivamente.

Com a subida observada em maio, Portugal regressou aos crescimentos, depois da queda de 3,2% registada em abril, segundo os dados do gabinete oficial de estatísticas da União Europeia.

Ao nível dos Estados-membros, a Letónia registou o segundo maior crescimento (2,2%) e a Estónia o terceiro (2%), enquanto a Roménia (-10,7%), a Lituânia (-6,3%) e a Suécia (-3,8%) lideraram as quedas.