O comissário europeu dos Assuntos Fiscais, Algirdas Semeta, aplaudiu hoje o pacote de medidas para combater a evasão fiscal corporativa internacional apoiado pelos ministros de Finanças do G20, mas sublinhou que é apenas «o primeiro passo».

«As iniciativas acordadas hoje no encontro do G20, que agrega as 20 economias mais desenvolvidas do mundo, são um avanço importante para a criação de um enquadramento fiscal para as empresas mais justo e mais apropriado em todo o mundo», disse o comissário citado em comunicado.

«Vão impedir muitas das práticas fiscais agressivas a que as empresas recorrem atualmente e vão garantir uma maior igualdade de condições para as empresas a nível nacional», destacou Algirdas Semeta.