Portugal teve, em agosto, o maior aumento (1,5%) das vendas do comércio de retalho na variação em cadeia, face a julho, tendo o indicador estabilizado quer na zona euro, quer na União Europeia (UE), segundo o Eurostat.

Já na variação homóloga, face a agosto de 2014, as vendas do comércio de retalho aumentaram, em agosto, 2,3% na zona euro e 2,6% na União Europeia (UE).

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, Portugal teve a maior subida (1,5%) nas vendas do comércio de retalho, face a julho, seguindo-se a Irlanda (0,9%) e a Polónia (0,8%).