A produção industrial caiu 1,5% na zona euro e 1,0% na União Europeia (UE) em julho, na comparação com o mês anterior, divulgou hoje o gabinete oficial de estatísticas da UE, Eurostat.

Em Junho, a produção industrial tinha crescido, respetivamente, 0,6% e 0,9%, na comparação com maio.

Os dados relativos a Portugal mostram que o país registou a terceira maior quebra (-3,2%) na comparação mensal da produção industrial, depois da Irlanda (-8,7%) e de Malta (-6,7%).

As maiores subidas verificaram-se na Lituânia (3,3%), Dinamarca (2,3%), Estónia (2,1%) e Finlândia (2,0%).

Já na comparação homóloga, com julho de 2012, a produção industrial caiu 2,1% na zona euro e 1,7% na UE e 2,3% em Portugal.

O Eurostat indica ainda que, entre os Estados-membros que disponibilizam dados, a produção industrial diminuiu em 12 países, aumentou noutros dez e estabilizou no Reino Unido.