A taxa de poupança das famílias na zona euro e na União Europeia diminuiu, no segundo trimestre, para os 12,8% e 10,7%, contra os 13,1% e 11,1% registados entre janeiro e março, segundo dados divulgados esta terça-feira pelo Eurostat.

Os dados relativos ao período entre abril e junho mostram que a taxa de poupança das famílias voltou a cair, depois de ter crescido no primeiro trimestre do ano.

A taxa de poupança corresponde à percentagem do rendimento disponível bruto que as famílias reservam para o aforro.

Já a taxa de investimento bruto das famílias na zona euro e na União Europeia (UE) estabilizou, respetivamente, nos 8,6% e nos 7,9% no segundo trimestre, na comparação com o anterior.