Portugal tem a terceira maior dívida pública da UE, com 130,5% do PIB, depois da Grécia (171,0%) e de Itália (134,6%).

Dados do Eurostat relativos ao terceiro trimestre de 2015 revelam que na União Europeia a dívida pública foi de 86,0% do Produto Interno Bruto, que compara com os 86,9% do período entre julho e setembro de 2014 e os 87,7% do segundo trimestre de 2015.

As maiores quebras foram observadas na Irlanda (-2,7 pontos percentuais), em Itália (-1,4 pontos), na Bulgária (-1,3 pontos) e na Finlândia (-1,2 pontos).

Face ao segundo trimestre de 2015, a dívida pública subiu em sete Estados-membros, com os maiores aumentos a serem registados na Eslovénia (3,3 pontos percentuais), na Grécia (2,1 pontos) e em Portugal (1,9 pontos).

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, os títulos de dívida (72,8%) são a principal componente da dívida pública da zona euro, seguindo-se os créditos (16,1%).

Na comparação com o terceiro trimestre de 2014, o rácio da dívida pública teve as maiores descidas na Irlanda (-13,2 pontos percentuais), na Grécia (-6,6 pontos), na Letónia (-4,8 pontos) e na Dinamarca (-4,6 pontos).

As principais subidas foram registadas na Eslovénia (6,2 pontos percentuais) e em Chipre (4,1 pontos).

Em Portugal, o rácio da dívida face ao PIB caiu 1,8 pontos percentuais na comparação homóloga.