Em Portugal, a taxa de inflação anual ficou em 0,1% em outubro, significando alguma recuperação dos preços depois da taxa de inflação nula de setembro (0,0%) e da taxa negativa registada nos meses anteriores, segundo dados do Eurostat.

O gabinete de estatística europeu confirmou também que a taxa de inflação anual na zona euro ficou em 0,4% em outubro, ligeiramente acima dos 0,3% de setembro.

Já na União Europeia, a taxa de inflação anual foi de 0,5% em outubro, face aos 0,4% do mês anterior. Em outubro do ano passado, a taxa de inflação anual fixou-se nos 0,7% nos 18 países da zona euro e nos 0,9% nos 28 Estados-membros da União Europeia.

Quanto aos outros Estados-membros, destaque para as taxas de inflação negativas registadas em outubro na Grécia (-1,8%), Bulgária (-1,5%), Hungria e Polónia (-0,3% cada um) e Espanha (-0,2%), enquanto as taxas mais altas encontram-se na Roménia (1,8%), Áustria (1,4%) e Finlândia (1,2%).

Por setores, contribuíram para uma subida dos preços na zona euro sobretudo os restaurantes e cafés, as rendas  e o tabaco, enquanto em baixa tiveram impacto combustíveis para transportes, telecomunicações e combustíveis líquidos.

O Instituto Nacional de Estatística divulgou também esta sexta-feira os dados da evolução económica, com Portugal a registar um abrandamento no crescimento do Produto Interno Bruto no terceiro trimestre,