O Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro caiu 0,5% em 2013, enquanto o da União Europeia aumentou 0,1%, com Portugal a registar um aumento homólogo de 1,6% no quatro trimestre, revela o Eurostat.

De acordo com o gabinete oficial de estatísticas comunitário, no quarto trimestre de 2013, e face ao trimestre imediatamente anterior, a economia dos países da moeda única progrediu 0,3% e cresceu 0,4% ao nível dos 28 Estados-membros da União Europeia.

Já na comparação homóloga, isto é, com o quarto trimestre de 2012, o PIB da zona euro aumentou 0,5% e cresceu 1,1% na União Europeia.

Ao nível dos 28 países da União Europeia, os maiores crescimentos do PIB face ao terceiro trimestre de 2013 verificaram-se na Suécia (1,7%), na República Checa (1,6%), na Roménia (1,5%) e na Lituânia e Eslovénia (1,2% cada).

As quedas mais significativas couberam a Chipre (-1%), Dinamarca (-0,5%), Finlândia (-0,3%) e Estónia (-0,1%).

Em relação a Portugal, o PIB aumentou 0,5% face ao terceiro trimestre de 2013 e verificou um aumento de 1,6% em termos homólogos.

Em termos comparativos, o Eurostat lembra ainda que o PIB dos Estados Unidos da América aumentou 0,8% no quarto trimestre de 2013, face aos três meses anteriores, e na comparação homóloga cresceu 2,7%.