A taxa de desemprego foi de 10,4% em dezembro na zona euro, a taxa mais baixa desde setembro de 2011.

Dados do Eurostat revelam ainda que a taxa na União a 28 foi de 9%, também em mínimos de junho de 2009.

As taxas mais baixas foram verificadas na República Checa e na Alemanha (ambas com 4,5%), Malta e Reino Unido (ambas com 5,1%, no caso do Reino Unido os dados são de outubro). As taxas mais altas de desemprego foram registadas na Grécia (24,5%, dados de outubro) e Espanha (20,8%)

Em comparação com o ano anterior, a taxa de desemprego desceu em 23 Estados-membros, manteve-se estável na Estónia e subiu em quatro países.

As maiores quedas foram registadas em Espanha, Eslováquia e Portugal, enquanto as maiores subidas aconteceram na Áustria, Letónia e Roménia.

No caso protuguês, a descida foi de 13,6% para 11,8%.