A taxa de desemprego da zona euro ficou nos 11,1% em junho, o mesmo valor registado em maio e abaixo dos 11,6% de junho do ano passado, divulgou esta sexta-feira o Eurostat.

Para o total da União Europeia, o gabinete estatístico europeu estimou, neste caso, que a taxa de desemprego corrigida das variações sazonais foi de 9,6% em junho. Este valor significa que o desemprego também está estável quando comparado com o mês anterior, mas melhor face aos 10,2% de junho de 2014.

Quanto a Portugal, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou na quinta-feira que a taxa de desemprego manteve-se inalterada em junho face a maio, nos 12,4%.

Portugal está entre os 21 países da União Europeia em que o desemprego caiu face a junho de 2014, tendo mesmo registado o terceiro maior recuo, ao passar de 14,3% para 12,4%, atrás de Lituânia (10,9% para 8,5%) e Espanha (24,5% para 22,5%).

Ainda assim, Portugal tinha em junho a sexta maior taxa de desemprego da UE, depois de Grécia (25,6%, dados de abril), Espanha (22,5%), Chipre (16,2%), Croácia (15,3%) e Itália (12,7%).

Há ainda a registar que o Eurostat fez uma revisão significativa para baixo da taxa de desemprego de Portugal em maio. A 30 de junho, o Eurostat divulgava que a taxa de desemprego de maio tinha sido de 13,2%, sendo que agora o valor referido para esse mês é de 12,4%.

Ainda quanto a dados gerais, os países da UE com menos desemprego são Alemanha e República Checa, com taxas de 4,7% e 4,9%, respetivamente.

Sobre o desemprego jovem, em junho atingia 20,7% da população ativa com menos de 25 anos na UE e 22,5% na zona euro, abaixo dos valores de há um ano, de 22,1% e 23,6%, respetivamente, Em Portugal o desemprego atingia 20,3% dos jovens.

Os países com mais desempregados entre os jovens continuam a ser Grécia (53,2% em abril de 2015) e Espanha (49,2%), mas também Itália (44,2%) e Croácia (43,1% no segundo trimestre). Do outro lado, o desemprego jovem é menos significativo na Alemanha (7,1%), Malta (10%) e Estónia (10,1% em maio) e Dinamarca e Áustria (10,3% cada um).