O atual presidente da Nyse Euronext Lisbon, Laginha de Sousa, vai deixar o cargo que ocupa já há cinco anos, disse à Lusa fonte ligada ao processo.

Luís Laginha de Sousa lidera a gestora da bolsa portuguesa desde julho de 2010, quando sucedeu a Miguel Athayde Marques como presidente do Conselho de Administração, de quem era 'braço direito'.

A saída de Laginha de Sousa ainda está a ser negociada, esperando-se agora anúncio formal da sua saída, assim como a escolha do seu sucessor.

Antes de ter ido para a Euronext Lisboa, em 2005, o ainda presidente da bolsa de Lisboa trabalhou no grupo Caixa Geral de Depósitos, entre outras empresas.