nível de vida dos portugueses recuou


Segundo o relatório, o "Portugal Europeu passou de uma rota de convergência, concentrada nos anos seguintes à adesão à CEE e na segunda metade da década de 90 e mais intensa em termos de consumo das famílias, para um processo de visível divergência".



















Portugueses gastam hoje o dobro


portugueses gastam atualmente o dobro do dinheiro

“Sem o resvalar da crise de 2003, o consumo ‘per capita’ escalou ininterruptamente do mínimo de 1986 ao máximo de 2008”, nota o relatório apresentado hoje.













“Os ajustamentos em baixa no emprego, nas componentes do ganho para além do salário base, e nas pensões de reforma e, em alta nos impostos, geraram uma nova relação de incerteza com o rendimento que mudou o consumidor português em anos recentes”, lê-se no documento.










Ainda assim, Portugal “permanece numa posição bastante vulnerável, sobretudo pela acumulação de um nível de dívida externa dificilmente sustentável, para além do montante de juros que é anualmente subtraído à riqueza nacional, expondo a estabilidade financeira à volatilidade dos fluxos internacionais de capital”.

Portugal é o terceiro da UE com mais filhos únicos


está entre os países com mais idosos