O montante do crédito ao consumo concedido deverá aumentar 15% em 2015, face ao ano passado, para 4.750 milhões de euros, segundo um estudo da Informa D&B, que estima que a tendência de subida se mantenha até 2016.

Segundo o estudo ‘Crédito ao Consumo e Portugal’ divulgado esta quinta-feira, depois de ter sido penalizado até 2012 pela crise económica, o crédito concedido aumentou 15% em 2013 para os 3.705 milhões de euros e subiu 11,4% para 4.128 milhões de euros em 2014.

Para a Informa D&B, a “recuperação da economia portuguesa permite antever um aumento da procura do crédito a curto e médio prazo” e, nesse contexto, a empresa estiva uma “reativação da atividade de algumas das instituições que nos últimos anos travaram a concessão de novos créditos”.

Assim, “é previsível que o montante das novas operações de créditos concedidos registe no final de 2015 um aumento de cerca de 15% para 4.750 milhões de euros, tendência que tudo indica se manterá em 2016”.