Os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos diminuíram na semana que terminou a 5 de abril em 32.000 para 300.000, em relação à semana anterior, indicou hoje o Departamento do Trabalho norte-americano.

Os economistas esperavam que os novos pedidos atingissem os 320.000, pelo que foram surpreendidos pela positiva com os dados divulgados por aquele organismo oficial.

Os pedidos subsídio de desemprego na maior economia do mundo foram revistos para 332.000 na semana anterior.

O relatório do Departamento do Trabalho mostra ainda que na semana que terminou a 29 de março, o número de pessoas que recebiam subsídios nos Estados Unidos diminuiu em 62.000 para 2,78 milhões.