Os prejuízos das empresas públicas agravaram-se no último trimestre de 2014, aumentando 23,1% para 765 milhões de euros, escreve o Público.

De acordo com os dados do boletim trimestral da Direção-Geral do Tesouro e Finanças, o setor empresarial do Estado chegou a dezembro com perdas de 1.173 milhões de euros, em contraste com os lucros de 39,5 milhões de euros, gerados no mesmo período de 2013.

O setor dos transportes gerou prejuízos de 635,9 milhões de euros nos últimos três meses de 2014, quase duplicando as perdas face ao período homólogo. Ou seja, os transportes pesam 54,2% nos prejuízos do Estado com as empresas públicas.

Do lado positivo, a DGTF destaca a redução expressiva no endividamento do setor empresarial do Estado, cuja tendência de queda se acentuou no final do ano. O corte foi mais expressivo no setor da saúde, mas no setor dos transportes voltou a aumenta.