São cada vez mais as famílias portuguesas que deixaram IRS, mas são cada vez menos famílias ricas que pagam imposto, segundo apurou o Correio da Manhã.

Desde 2010 que os agregados com um rendimento anual superior a 250 mil euros têm vindo a diminuir, passando de 3.558 em 2010 para 2.731 em 2011, menos 11%.

Os últimos dados da Autoridade Tributária mostram também que no escalão de rendimento entre os 100 mil e os 250 mil euros anuais «desapareceram» 8626 famílias de 2011 para 2012.

Em termos de receita, o escalão dos mais ricos pagou menos 78 milhões de euros de IRS, se compararmos com os anos de 2011 e 2012. Se se recuar até 2010, os cofres do Estado arrecadara menos 254 milhões de euros, com aquele grupo de contribuintes.