O mercado livre de gás natural conta com quase 400 mil clientes e representa 92% do consumo, disse esta quarta-feira o presidente da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

«No setor do gás natural, temos 400 mil consumidores e, neste momento, estão a operar cinco comercializadores», afirmou hoje Vítor Santos, durante um seminário sobre mercados energéticos, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola, que decorreu em Lisboa.

Segundo dados divulgados hoje pela ERSE, em junho, o mercado livre de gás natural contava com 386.083 clientes.

O número de consumidores no mercado livre tem vindo a aumentar: em dezembro de 2010 totalizava 1.438, um ano depois tinha aumentado para 6.004 e em novembro do ano passado já ascendia a 117.293.

Desde janeiro de 2010, todos os consumidores de gás natural têm o direito de escolher livremente o seu comercializador de gás natural.

Até essa data, a escolha de comercializador era apenas feita pelos centros eletroprodutores e pela generalidade dos consumidores industriais.

A ERSE também comunicou hoje que o mercado livre de eletricidade ganhou cerca de 68 mil clientes em agosto, um crescimento de 3,7% em relação ao mês anterior, totalizando 1,93 milhões de clientes.

O processo de liberalização do mercado retalhista de energia elétrica está em período de transição, com a liberalização plena a ocorrer no final de 2015.