O Governo já entregou no parlamento a errata da proposta de Orçamento do Estado para 2016, que corrige erros, incorreções e gralhas do documento original, que deu entrada no parlamento na sexta-feira.

Segundo fonte do gabinete do presidente da Assembleia da República, a errata foi entregue ao final da manhã.

Esta manhã, o líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro tinha pedido ao Governo rapidez na entrega do "texto consolidado" e da errata da proposta de Orçamento do Estado para 2016.

Segundo Luís Montenegro, a informação que o Governo iria endereçar ao parlamento um texto novo do Orçamento que corrigia os erros e a gralha do documento original, que seriam em "quantidade significativa", foi transmitida quarta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares na conferência de líderes.

O líder parlamentar social-democrata explicou ainda que o envio de uma "errata" foi solicitada por si, para evitar que se tenha de "esmiuçar linha por linha o que está diferente".

O Orçamento do Estado para 2016 vai ser discutido na generalidade a 22 e 23 de fevereiro.