"A Rússia pretende apoiar o ressurgimento da economia grega através do alargamento da cooperação no setor da energia", disse Alexander Novak.

"Assim, estamos a estudar a possibilidade de organizar entregas diretas de recursos energéticos à Grécia, a começar a curto prazo", dise Novak aos jornalistas, citado pela agência de notícias RIA Novosti.

As declarações do governante surgem no dia em que os principais líderes europeus estão reunidos para tentar definir o futuro da Grécia, numa reunião que vai durar até se encontrar uma solução, segundo o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.