O consumo de eletricidade caiu 6,4% em janeiro deste ano face ao mês homólogo do ano anterior, devido às temperaturas acima dos valores normais para a época do ano, segundo dados da REN – Redes Energéticos Nacionais.

Segundo os dados da gestora da rede elétrica, o consumo de eletricidade no primeiro mês de 2016 ficou-se pelos 4.414 GWh, valor que compara com os 4.713 GWh consumidos no mesmo período de 2015, em que as temperaturas, ao contrário deste ano, tinham ficado abaixo do normal.

Já com a correção do efeito da temperatura e o número de dias úteis, regista-se um crescimento de 0,8% face ao período homólogo, o que é apontado como um dos indicadores de crescimento da atividade económica.

O ano de 2016 arrancou com condições favoráveis para a produção renovável, com as afluências aos aproveitamentos hidroelétricos a ultrapassarem em 52% os valores normais para este mês, enquanto nas eólicas a produção ultrapassou em 19% os valores normais.

Neste contexto, segundo os números da REN, as renováveis abasteceram 70% do consumo, com as hídricas a representarem 39%, eólicas 27%, biomassa 4% e fotovoltaicas 0,6%.

No gás natural registou-se uma quebra homóloga de 6,6%, com comportamentos diferentes no segmento elétrico, em que se prolongou a tendência positiva verificada no ano anterior, com um crescimento de 19%, e no segmento convencional com uma quebra de 10,7%.