As taxas Euribor mantiveram-se hoje a três, seis e nove meses e subiram a doze meses em relação a sexta-feira.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, voltou hoje a ser fixada em 0,054%, o atual mínimo de sempre registado pela primeira vez a 21 de maio.

A nove meses, a Euribor também voltou a ser fixada em 0,102%, contra o atual mínimo de sempre, de 0,101%, verificado pela primeira vez a 20 de maio.