Portugal já pagou até outubro mais de 1.400 milhões de euros à troika só em juros do empréstimo internacional, a que acrescentam mais 31 milhões de euros em comissões, de acordo com a Direção-Geral do Orçamento.

Na síntese de execução orçamental até outubro hoje divulgada, a DGO explica que foram pagos em juros do empréstimo internacional 1.415 milhões de euros pelo Estado português, a que acrescem 31 milhões de euros de comissões destes empréstimos.

A estes 1.446 milhões de euros pagos este ano, juntam-se 1.080 milhões de euros de juros pagos pelo empréstimo internacional em 2012, mais 91 milhões de euros de comissões do empréstimo.

No total, desde 2012, Portugal pagou 2.617 milhões de euros pelo empréstimo da troika.