A Tiffosi, marca portuguesa que diz estar «a revolucionar os jeans para mulher», quer abrir 100 lojas em Portugal e no estrangeiro, num investimento de 30 milhões de euros, nos próximos cinco anos.

 

Em declarações à Lusa, o administrador da Tiffosi Filipe Pinto Correia, explicou que a empresa desenvolveu «um conceito revolucionário de jeans» em tamanho único, 100% elásticas que se moldam à silhueta de qualquer mulher e que retornam ao seu tamanho inicial após o uso e vai investir 30 milhões de euros até 2019 na «abertura internacional e renovação nacional» de lojas.

 

A têxtil minhota Tiffosi estava à beira de fechar portas quando o grupo VNC a resgatou em setembro de 2008. No início de outubro abriu uma megastore no Centro Comercial La Gavia, em Madrid, a primeira loja monomarca no mercado espanhol.

 

«Após se ter assumido como uma marca de jeans, a Tiffosi, entre 2012 a 2013, implementou o conceito de megastore, lojas com 500 metros quadrados, direcionados tanto para mulheres e homens, como crianças, além de disponibilizarem acessórios», disse.

 

Os jeans One Size Fits All para mulher, que vão ser lançados na quinta-feira no Centro Comercial Marshoping, em Leça da Palmeira, Matozinhos, vêm «revolucionar a marca», sendo um produto «altamente diferenciador», tanto para o mercado interno como para o reforço da presença da Tiffosi em Espanha e a estratégia de internacionalização, lembrou.

 

«A evolução da marca tem sido clara», garantiu à Lusa o gestor, realçando ainda que a Tiffosi duplicou a dimensão e as vendas nos últimos cinco anos e, depois de ter faturado 93 milhões de euros em 2013, espera fechar este ano nos 101 milhões de euros.

 

«A empresa está a gerar cash flow que lhe permite concretizar o investimento financeiro [interno e externo] nos próximos anos, até porque o nível de endividamento é muito baixo, pelo que estamos bastante bem», sublinhou.

 

O crescimento da Tiffosi tem sido suportado nos últimos anos por uma rede de 68 lojas e pela distribuição da marca em cerca de 1.400 clientes multimarca (400 em Portugal e 1.000 a nível internacional), o que corresponde a uma presença em mais de 20 países.

 

A empresa emprega um total de 882 trabalhadores, incluindo também as lojas franchisadas, dos quais 60% têm menos de 30 anos.