Os preços das telecomunicações da Meo vão subir em média 2,5% e os da NOS 3% a partir de 01 de janeiro, enquanto a Vodafone sobe os tarifários a 16 de janeiro, mas não revela o aumento médio.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da Meo, da PT Portugal, adiantou que os tarifários sobem em média 2,5% já a partir de 01 de janeiro.

Já no caso da NOS, operadora que resultou da fusão entre a Optimus e a Zon, esta irá atualizar «os seus preços em média cerca de 3%», segundo a empresa.

«De ressalvar que há produtos/segmentos que não sofrerão alteração, como por exemplo, no fixo, os equipamentos, instalações e canais premium e, no móvel, os clientes com tarifário smart», adianta a NOS.

Já a Vodafone Portugal, que tem tido uma política agressiva de preços, escusou-se a avançar o aumento médio, adiantando apenas que «à semelhança dos anos anteriores», a operadora publicou na sua página de Internet «informação sobre a atualização de preços e condições que entrarão em vigor a partir de 16 de janeiro de 2015».

Por exemplo, no caso do pacote triplo da Vodafone (televisão+Internet+voz), que oferece 100 canais e 50 megas, a tarifa será de 25,90 euros para as adesões a partir de 16 de janeiro do próximo ano, segundo informação da operadora na sua página de Internet.

A mensalidade de 24,90 euros para o mesmo pacote «é válida para clientes atuais, durante o período mínimo contratual, ou com subscrição até dia 16 de janeiro de 2015», adianta.

No Orçamento do Estado para 2015, o Governo prevê que os preços deverão aumentar em média 0,7% no próximo ano.