O grupo Fosun quer reforçar a sua aposta em Portugal. Num encontro com jornalistas portugueses, em Xangai, o presidente executivo do grupo chinês, Liang Xinjun admitiu que a comunicação social e a produção audiovisual são áreas onde a Fosun está interessada em fazer aquisições, escreve o Diário Económico.

O grupo já tem os direitos de publicação da Forbes para o mercado chinês, comprou a Studio8, entrou no capital do Cirque du Soleil e comprou o Med Club e a agência Thomas Cook.

O interesse da Fosun estende-se ainda a áreas como os vinhos, agroalimentar, turismo e lazer. Em Portugal o grupo já investiu 2,2 mil milhões de euros, desde o ano passado. E estão na corrida à compra do Novo Banco.