Menos de três meses depois de sair da presidência executiva da Galp, Ferreira de Oliveira vai liderar a Petroatlântico, um fundo com maioria de capital canadiano, revela o Jornal de Negócios.

A nova empresa de capital de risco quer investir na produção e exploração de gás natural em Portugal, Brasil e Angola. O investimento inicial pode chegar aos cinco mil milhões de euros.

A nova empresa vai concorrer com a Galp na produção de petróleo e gás natural. Para esta nova missão, Ferreira de Oliveira está já a recrutar quadros da Galp.