A associação de franquiados do Minipreço assegura que em Portugal já faliram mil empresários devido a falsas promessas da rede.

Segundo o Jornal de Notícias, a Associação de Franquiados e Ex-franquiados do Minipreço diz que o principal motivo dos encerramentos é o dumping, já que o Minipreço os obriga a vender os produtos abaixo do preço de custo.

A associação está a reunir um conjunto de queixas para instaurar um processo contra o grupo espanhol Dia.

Em Portugal o grupo Dia explora 640 lojas, das quais mais de metade funciona em regime de franquia. Quando o franquiado vai à falência, a loja pode reabrir, explorada por outro empresário.

O grupo Dia fechou os primeiros nove meses de 2014 com lucros de 173 milhões de euros, mais 5% que ni período homólogo.