O grupo austríaco Doka, do setor de cofragens, decidiu reorganizar as suas sedes corporativas no sul da Europa, fechando a atividade das suas filiais em Portugal e Espanha a 31 de dezembro próximo, informou a multinacional.

«A contínua e complicada situação económica no sul da Europa, sobretudo na Península Ibérica, obriga-nos a fechar a atividade das nossas filiais nesses mercados», explica um comunicado do grupo.

Na nota, o grupo refere que ofereceu aos seus trabalhadores, tanto no complexo de Sintra como nos vários centros em Espanha, a sua recolocação em qualquer dos 160 pontos de venda e logística que o Doka tem em 68 países.

«Nestes dois mercados temos levado a cabo durante mais de 20 anos muitos projetos com grande êxito. Vivemos com os nossos clientes espanhóis e portugueses uma relação laboral aberta, justa e de muta colaboração. Por isso nos foi difícil tomar esta decisão», refere.

A empresa compromete-se a concluir todos os projetos em curso e que as equipas necessárias continuarão no terreno até que terminem.

Em Portugal o grupo Doka tem a sua filial, Doka Cofragens, em Sintra.