Belmiro de Azevedo, presidente do conselho de administração da Sonae vai anunciar a saída dos órgãos sociais da Sonae, revela o Diário Económico.

Segundo o jornal, o anúncio da saída estará por horas. Aliás, já em maio do ano passado Belmiro de Azevedo tinha dito que se ia retirar dos negócios «dentro de uns meses».

A suceder-lhe, como aconteceu em 2007, está Paulo Azevedo que assumiu na altura o cargo de presidente executivo da Sonae. A presidência executiva será partilhada com Angelo Paupério.

O histórico da Sonae deixa também a presidência da Sonae Indústria e Sonae Capital.

Entretanto o conselho de administração da Sonae enviou um comunicado à CMVM, confirmando que Belmiro de Azevedo n ão vai integrar o conselho de administração da Efanor Investimentos, cuja assembleia geral está marcada para 30 de abril. Esta é a holding pessoal de Belmiro de Azevedo e que controla as restantes empresas do grupo.