António Saraiva foi esta quinta-feira reeleito presidente do Conselho Geral e da Direção da CIP – Confederação Empresarial de Portugal para o triénio 2017-2019, divulgou a confederação patronal.

De acordo com um comunicado da CIP, as eleições para os seus corpos sociais decorreram esta quinta-feira e a lista única que se candidatou, liderada por António Saraiva, foi eleita por 84% do universo eleitoral.

A lista eleita conta com Salvador de Mello como presidente da Mesa da Assembleia Geral e com Bruno Bobone como presidente do Conselho Fiscal.

Os vice-presidentes da direção são João Almeida Lopes, Armindo Monteiro, José Eduardo Carvalho, Rafael Campos Pereira, Carlos Cardoso e Jorge Henriques.

António Saraiva vai cumprir o seu terceiro mandato como presidente da confederação e assumiu "como missão reforçar a posição da CIP enquanto confederação de empregadores".

“Inicio este mandato ao lado de uma equipa em que acredito, e que assume, comigo, perante as empresas e o país, três compromissos: o compromisso com o crescimento económico, o compromisso com uma Europa unida em torno da competitividade, e o compromisso com um movimento associativo sólido e com valor para as empresas", declarou o presidente reeleito, citado no comunicado.

A cerimónia da tomada de posse dos novos órgãos sociais da CIP decorrerá a 23 de fevereiro, no encerramento da Conferência Moldar o Futuro – O Imperativo do Crescimento, e contará com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.