Os trabalhadores da DHL Express Portugal, do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, vão realizar uma greve parcial às últimas duas horas do período normal de trabalho ao longo da próxima semana, foi hoje divulgado.

Em comunicado, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT) informa que os trabalhadores da DHL farão uma greve parcial de duas horas nos dias 27, 28, 29, 30 e 31 de janeiro.

Em causa está, entre outras matérias, «o tratamento diferenciado e discriminatório com a retirada dos prémios de incentivo e de produtividade, parte integrante dos seus vencimentos, pelo facto de não assinarem um aditamento contratual, proposto pela empresa».