O presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Pedro Reis, cujo mandato terminou em dezembro, confirmou à Lusa que não vai continuar à frente da instituição.

Questionado pela Lusa sobre a sua continuidade na presidência da AICEP, Pedro Reis confirmou a informação de que tomou a decisão de apenas cumprir um mandato.

«De facto, entendi que não devia aceitar o convite, que muito me honrou, para renovar o mandato. Encaro o processo como tendo vindo a cumprir de certa forma uma missão de ajudar à agenda da internacionalização da nossa economia e considero que essa missão está cumprida, como aliás desde a primeira hora me tinha comprometido com um mandato», afirmou Pedro Reis.